Hoje na história

Em um dia como este, no ano de 1942, o então presidente do Brasil, Getúlio Vargas, instituía o Cruzeiro como moeda do país pelo decreto lei 4.791. Era a primeira vez que o Brasil fazia uma mudança em seu padrão monetário. Com a alteração, um cruzeiro equivalia a mil réis. A moeda instituída por Getúlio vigorou até fevereiro de 1967.
A partir daí, o Cruzeiro foi substituído pelo padrão transitório Cruzeiro Novo, por causa da inflação, e correspondia a mil cruzeiros "antigos". Em maio de 1970, o Cruzeiro retornou e circulou até fevereiro de 1986, quando foi trocado pelo Cruzado no governo de José Sarney. Novamente, por causa da altíssima inflação, a moeda foi trocada, de maneira provisória, pelo Cruzado Novo, em 1989.
Após 90 dias, o Cruzeiro era novamente instituído e substituiu o Cruzado Novo - 1 Cruzeiro era igual a 1 Cruzado Novo, o que representou apenas uma mudança de nome, durante o governo de Fernando Collor. Em 1993, veio o Cruzeiro Real durante o governo de Itamar Franco. No fim deste ano, foi criada a unidade real de valor (URV) e, no ano seguinte, seria adotado o padrão do Real, que marcou o controle da inflação no Brasil, em medida adotada pelo então Ministro da Fazenda Fernando Henrique Cardoso.

No Banner to display

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*