Suspeito de trafico deixa batata quente na mão da sogra e foge da boca de fumo

Foto: Divulgação - Feita a busca e encontrados 16 tabletes e meio e quatro porções ambos de maconha totalizando 23,5kg, um revólver cal 38 municiado com 6 munições intactas, uma balança de precisão e outros apetrechos utilizados para embalagem do entorpecente.

Na noite dessa terça-feira (5) em Mirandópolis, após denúncia anônima que suspeito de vulgo "Du" residente na rua dos Estudantes, naquele município, estava guardando entorpecentes na casa de sua sogra que fica na rua Joaquim Alves Filho na área central. A PM foi até o local onde feito o contato com a proprietária (a sogra), a mesma ficou irredutível a franquear a entrada em sua residência e após muita conversa cedeu a autorização para o início da diligência. Apesar da alegando que não tinha conhecimento de algo ilícito do lado de fora da casa e que apenas seu genro Eduardo possuía a chave desse quartinho. Após a PM ter acesso ao interior do cômodo onde foi feita a busca e encontrados 16 tabletes e meio e quatro porções ambos de maconha totalizando 23,5kg, um revólver cal 38 municiado com 6 munições intactas, uma balança de precisão e outros apetrechos utilizados para embalagem do entorpecente. Eduardo já possui criminal pelo "Tráfico de drogas" e ainda não foi localizado.

No Banner to display

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*