Morre o ‘pai da música moderna’

Pierre Henry fez, ao lado de Pierre Schaeffer, experimentos musicais que derem origem à techno

© Reprodução
Um dos principais nomes da história da música contemporânea e precursor da techno, Pierre Henry morreu na última quarta-feira (5). A morte do músico francês, aos 89 anos, foi confirmada nesta quinta-feira (6), pelo jornal "Le Monde".
A Henry é atribuído o início do movimento de música concreta, ao lado do parceiro musical Pierre Schaeffer. Inovadores, os dois faziam experimentos musicais no estúdio RTF de Paris. Depois, os criaram juntos a "Symphonie pour un homme seul", em que usavam sons do corpo humano para produzir música. Em entrevista ao "Le Figaro", há dez anos, Pierre Henry se definiu como "um compositor clássico que utiliza os meios técnicos deste século". "Psyché rock", trabalho de 1967, foi remixado por Fat Boy Slim e serviu como base para a animação Futurama, de Matt Groening, criador de "Os Simpsons". Na dança, trabalhou com os coreógrafos Maurice Béjart ou Merce Cunningham.

No Banner to display

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*