Publicitário com contrato da prefeitura é preso após furtar casa de Dj

Foto: paparazinews.com.br

O publicitário Vanilson Diogo Neves de Oliveira, de 27 anos, que tem um contrato no valor aproximado de R$ 300 mil anual, para realização de propaganda volante e som para eventos, assinado desde o mês passado na prefeitura de Castilho. Foi preso acusado de furto de caixas de som, pela Força Tática da Polícia Militar na noite de terça-feira (7), no assentamento Cafeeira, em Castilho. Segundo apurado pela reportagem, ele está sendo acusado de pular o muro da casa do Dj, Aparecido Batista dos Santos, 40, que viajou na semana passada com a família, aproveitando o feriado. Quando retornou percebeu que duas caixas de som, avaliadas em quase R$ 5 mil, haviam desaparecido. O furto que ocorreu na rua José Manoel de Ângelo, foi descoberto por câmeras de segurança, que mostram nas imagens, uma Fiat Strada, cor preta, passando no local e em seguida, estaciona de ré, o suspeito pula o muro e leva as duas caixas. O crime ocorreu na semana passada na madrugada de domingo. Com o levantamento de informações a equipe formada pelo sargento Estigarribia, cabo Jerônimo e o soldado Camargo, realizaram busca na zona rural, onde foi encontrado. Ao procederem na busca domiciliar foi apreendida, já desmontada quatro alto falantes e duas cornetas, escondidas na laje. FESTA – Ao ser questionado pelos policiais, Diogo, contou que havia sim entrado na casa para pegar as caixas, pois estava realizando uma festa particular naquele dia, em seguida ele conta que levou para essa festa. O local seria no bairro Chequir Abbud, de propriedade do chefe do diretor de vias, Joaquim Nunes. Por telefone na manhã desta quarta-feira (8), “eu não participei do evento, apenas alugo o local, no outro dia pediram a chave para buscar, não sei a quantidade de aparelhos levados, mas ficamos tristes em saber de um fato desse todos nós somos amigos e temos que respeitar o nosso próximo”, esclareceu Nunes. (A reportagem deixa claro que o Joaquinzão, não teve nada encontrado em sua propriedade, apenas o detido foi quem o colocou no caso). DESGOSTO – Para a vítima Batista, não acreditava que poderia ser um companheiro de serviço. “Olha é de entristecer, chegar a esse ponto, podemos ser na boca do povo concorrente, mas sempre mantive o respeito, inclusive na última licitação da prefeitura, em que concorri e ele venceu, sem contar os contratos que ele tem somados pelo valor de R$ 214 mil, não precisava disso, a confiança acabou”, relatou. “O que, mas me chama atenção é que você ter a sua casa invadida por ladrão é assustador, agora quando é um amigo de trabalho e que tinha confiança é horrível”, Conclui. VERSÃO – O publicitário disse a reportagem, que pegou as caixas para promover uma festa em uma casa de festa. E que iria devolver, disse ainda que não se recorda de ter avisado a vítima, alega que desmontou as caixas após terem sido danificadas ao sofrerem uma queda. DESCONFIANÇA – Nas redes sociais comentários, saíram questionando se essa teria sido a primeira vez, que o jovem faz isso e foram além “agora fico pensando, será que ele usa caixas sem procedência, para fazer os sons da prefeitura, assim ganhar dinheiro com o que não é dele, que feio”, escreveu uma internauta. LIBERADO – O caso foi apresentado na Polícia Civil, que registrou o fato, os objetos ficaram apreendidos e vai ser devolvida a vítima. O pai de Neves, na saída da delegacia, após seu filho prestar esclarecimento e ser liberado para responder ao processo em liberdade, se comprometeu custear o prejuízo sofrido e pediu desculpas. Materia reproduzida o site http://www.paparazzinews.com.br/news/2017/11/08/publicitario-com-contrato-milionario-da-prefeitura-e-preso-apos-furtar-casa-de-dj/

No Banner to display

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*